Wednesday, 3 February 2016

Gosto de a surpreender...



...porque sei que são estas 'surpresas' que vão tornar a nossa relação especial, que são esses momentos que vai guardar no coração e relembrar com um sorriso nos lábios. São estas surpresas que fazem a vida ter mais cor e que fazem com que se sinta ainda mais especial. Gosto de aparecer na escola para a irmos almoçar juntas gosto de escrever recados para ela ler durante o dia, gosto de lhe preparar fins de semana inesquecíveis, gosto de lhe trazer as amigas sem que ela faça a menor ideia. Gosto de a acordar com beijos e de lhe fazer os fatos de carnaval sem que ela faça a menor ideia. Gosto de a acorda no dia de aniversário com um queque e uma vela. Gosto de lhe fazer o seu bolo de aniversário único e especial. Gosto de a ir buscar à escola e levar o gato no carro. E gosto de a levar à missa e ela encontrar-se com a avó. Gosto de fazer jantares surpresa e gosto de jantar com ela no sofá à luz das velas. Pequenas coisas que sei que ela adora e vai-se lembrando delas ao longo do ano. Este fim de semana vai haver mais uma surpresa que sei que ela não vai esquecer....nem a amiga...nem nós. O que quero que ela tenha no coração é isto...e que nunca perca a capacidade de continuar a ser surpreendida e que sempre que consiga faça por surpreender os outro.

Simple as that....

Friday, 22 January 2016

Eu vou ser sempre uma mãe chata...



...sim vou ser chata para ti, vou te ralhar, vou proteger- te, vou endireitar-te quando estiverem a ir torta. Vou te vigiar de perto e de longe, vou querer conhecer todos os teus amigos, vou sempre confirmar onde vais dormir. Não porque quero ser a tua sombra mas sim porque não há ninguém no mundo que te ame mais do que eu. Vou ser a mãe que te vai dizer quando erraste, que te vai proibir de sair quando mentires é que te vai fazer chorar muitas vezes. Vou te dizer muito mais vezes não do que sim. Vou apagar os teus trabalhos até estarem bem. Vou puxar por ti e fazer te conhecer os teus limites. Vais adormecer a chorar e a dizer que sou má mãe quando quiseres fazer algo que eu sei que não é de todo bom para ti. Minha menina eu estou cá para primeiro serviria mãe é só depois tua amiga. Mas tenho a certeza que o lugar de mãe ocupa um lugar bem maior no coração do que o de amiga.

Quando um dia perceberes porque sou a mãe chata...aí vais ver que estas uma mulher crescida, capaz de perceber por ti quando erras e pedires desculpa sem vergonha. Vais respeitar os outros. Nesse dia vais perceber que afinal não fui chata. Fui mãe.

Amo-te

Monday, 11 January 2016

Parece que hoje é dia do 'obrigado'...

...não preciso destes dias para agradecer, tento-o fazer diariamente, procurando devolver em dobro o que a vida me dá. Agradeço por ter os meus pais, agradeço tudo o que fazem por nós, agradeço todas as 'parvoíces' da minha mãe e agradeço os conselhos do meu pai. Agradeço as minhas irmãs, uma por quase me ter criado outra por ser o meu 'I want to be'. Agradeço a quem me escolheu para partilhar a sua vida é mesmo com todos os meus defeitos e feitio exótico me aceita e me compreende. Agradeço aos que escolheram que eu seria uma pessoa digna da sua amizade e que lá está partilham tudo ( ou quase tudo) das suas vidas. Obrigada aos que escolhem ficar mesmo com todas as contrariedades e dificuldades. Obrigada por os meus pais me terem ensinado a não odiar ninguém nem a invejar o que é dos outros, sei que assim o meu coração fica com mais espaço para as coisas boas. Agradeço a quem me perdoou pelos meus erros ou deslizes. Obrigada por a vida me fazer sorrir muito mais do que chorar. Agradeço ter o trabalho que tenho porque adoro o que faço. Agradeço às pessoas que se vão atravessando da minha vida e que me vão enriquecendo. Agradeço ter tantos sonhos porque sei que assim luto mais. Agradeço que me fez chorar porque lá está a seguir percebi que podia dar mais valor ao sorriso. Agradeço a quem não gosta de mim porque assim me vão lembrando que sou uma pessoa que faz erros e infelizmente a nossa pessoa não agrada toda a gente. Agradeço ser uma pessoa saudável e que mesmo com os acidentes de percurso que tive...não passaram mesmo disso... Acidentes. Por fim agradeço todos os dias à minha filha por me permitir experienciar todo o tipo de sentimentos.

Agradeço todos os dias o privilégio de cá andar e de alguma maneira transformar os dias das pessoas que me escolheram.

Tomámos a decisão...

...um dos meus sonhos enquanto apaixonada por viagem é fazer a route 66... Tirar 20 dias para percorrer os 4000km que atravessam o Estados Unidos. É um sonho...um sonho meu desde os meus 20 anos. Tomamos a decisão 2017 ou o mais tardar 2018 será o ano de cumprir esse sonho. Dicas e sugestões??

Sunday, 10 January 2016

Janeiro não é com toda a certeza...

...um dos meus meses preferidos, os dias são escuros, curtos e frios. Não se pode passear nem ir a uma esplanada, não há as noites na varanda e custa horrores sair da cama de manhã. O trânsito é um absurdo, perde-se horas no trânsito no mês de janeiro. Andamos tão encasacados que parecemos autênticos chouriços. Mas depois há os fins de semana caseiros, em que cheira a bolo pela casa, há os pequenos almoços compridos, há as sessões de cinema em casa enquanto chove...o barulho da chuva acaba por nos embalar para uma sesta da tarde. Aos sábados à noite a nossa casa recebe sempre amigos para jantar e por vezes também a sexta, casa acaba por ficar mais quente e o mês de janeiro acaba por ser um mês mais tranquilo. Gosto destes fins de semana.

Tuesday, 5 January 2016

Todos os anos....

...penso em algo na minha vida que acho que não está bem e no dia 1 de Janeiro decido por em pratica. Em 2013  decidi que não queria mais ser gorda, emagreci 25 kg. Outro ano decidi que ia passar mais tempo com os amigos e família. Outro ano decidi que queria mudar de trabalho porque aquele já não me fazia feliz e mudei. Este ano decidi que ia viver mais com menos. O meu objetivo é conhecer 100 países (durante a vida) e para cumprir este objetivo tenho que estar centrada, sou poupada mas a dada altura achei que o consumismo e facilitismo estavam a tomar proporções na minha vida que não me agradavam enquanto pessoa. Em Dezembro pensei no que teria que mudar para ser menos consumista e em simultâneo poupar para cumprir o meu sonho. Dia 1 de Janeiro comecei este meu novo projeto, muitos dos meus amigos me 'gozam' e dizem que não vou ser capaz, mas eu sou pessoa de ideias fixas e sei que vou conseguir não comprar roupa ou sapatos durante 3 meses, deixar de beber café na rua, apenas fumar 5cigarros num dia, evitar ao máximo todos os gastos supérfluos, trocar os restaurantes por jantares convívio em casa, andar mais a pé, reduzir e reutilizar. Objetivo deste ano conhecer 4 países e principalmente viver melhor com menos! 

Austria, Montenegro, Suécia e Dinamarca serão os países... 

Post a reler dia 31.12.2017

Sunday, 20 December 2015

Adoro o Natal...

...a casa com cheiro a açúcar queimado, gosto do presépio na janela e das luzes da árvore. Gosto das velas espalhadas pela casa, gosto de estar estar a fazer doces até à noite. Gosto de decorar a mesa e ficar lá sentada durante horas, gosto da azáfama do Natal (e se cá há muita...já que se tem que ir buscar a família e quem se gosta bem longe). Gosto da ansiedade dela pela meia noite e pela a alegria em espanto da manhã de 25 quando se apercebe que o pai Natal passou por cá. Gosto dos telefonemas e de ver as fotos que vão postando nas redes sociais. Gosto da essência do nosso Natal...do nosso aqui de casa...igual ou diferente do das outras famílias...gosto tanto do nosso.

Thursday, 17 December 2015

Não se pode ter muitos amigos...



...mesmo que se conheça centenas de pessoas e que hajam umas dezenas delas que apetece ser amiga, mesmo que quisesse ter muitos amigos não podia porque não conseguia. Para se ser amigo ou se dá o melhor de nós ou nem vale a pena insistir. Preocupamo-nos seriamente com eles, queremos estar com eles, partilhar as nossas coisas e o tempo, infelizmente, não se duplicar. Temos que prestar toda a atenção mesmo quando os nossos amigos querem passar com algo de forma despercebida. Não conseguimos falar todos os dias, olhar e dar atenção a mais de 4/5 amigos...não é possível. Os amigos são escolhidos por nós, a vida apenas se encarregou dedos por aquela hora em determinado sitio, e escolhermos e sermos escolhidos para sermos os amigos verdadeiros não é algo fácil de acontecer. 

A amizade deve ser levada a serio, segredo é segredo, não existe vergonha. É algo a que devemos nos dedicar e como o que é bom não é o mais facil, as verdadeiras amizades verdadeiras são aquelas que ultrapassam milhares de obstáculos, aquela em que se discute mas no outro dia o olhar é o mesmo, aquela em que não há palavras certas porque a espontaneidade toma conta de nós, porque é conectas pessoas que escolhemos que somos verdadeiramente NOS. Só podemos ser amigos de alguém que admiramos, que para nós os seus defeitos passam despercebidos porque não assumem a maior importância. É difícil ser-se leal, é dificil ser-se inteiramente dedicado,é dificil sim mas é tão bom e vale tanto à pena. Saber que as nossas pessoas decidem ficar mesmo quando não temos razão, quando não agimos da melhor forma, quando erramos. A amizade verdadeira é rara, é única. Obrigada a quem aceitou de braços abertos a minha escolha...a escolha de estarem na minha vida sem qualquer reserva e de coração inteiro. Obrigada

Sunday, 13 December 2015

Cada vez mais o consumismo está a tomar conta de nós....

... E eu até acho que sou uma moça organizada, mas mesmo assim acho que temos mais coisas do que as que devíamos ter, compra-se tudo feito e já se aproveita pouco...ah e tal deixaram de servir as calças de ganga à miúda e vamos a correr comprar outras...esquecermo-nos que podemos fazer uns calções e até colocar uns apliques e tornar a peça unica. Podemos mascarar no carnaval aproveitando as coisas que estão cá por casa. Há imensos programas para se fazer em família e com amigos gastando zero e tendo como garantia a diversão. Há que aprender e ensinar a reutilizar, a aproveitar as nossas capacidades para criar, a não deitar para o lixo o que pode ser trocado. Podemos andar na moda sem ter que estar sempre a comprar, basta utilizar as coisas que temos com carisma. As prendas podem passar a ser experiências...piqueniques, almoços surpresa entre tantas e tantas outras ideias. A internet é uma ferramenta ótima para dar asas à imaginação. Durante este último mês dei por mim a pensar na quantidade de dinheiro que se gasta no prazer imediato, queremos sempre o último modelo do telemovel, os tênis que saíram no mês passado...deixámos de fazer coisas em casa porque é muito mais fácil ir comprar feito. Assim a partir de 1 de Janeiro e até 1 de Abril (para começar) apenas vamos comprar o essencial (bens alimentares, gasolina e medicamentos). Durante estes meses não vão haver jantares fora, nem cafés ao meio do dia...não se vai comprar material escolar (só mesmo algo que acabe), não se vai comprar roupas, nem sapatos, nem brinquedos, nem bolachas no café. Os programas familiares vão ser feitos a custo zero...cinema em casa, visitas a museus gratuitos, atividades e jogos com o que temos cá em casa. Quero prolongar este projeto pessoal e familiar por um ano. Conversei com ela e expliquei-lhe o objetivo da coisa. Viver com o mínimo possiveltentando tirar o maior partido do que temos é daquilo que não tem preço.